quinta-feira, 21 de abril de 2011

Nada Surf - Popular


Qualquer garoto do mundo pode ser seu! É só você seguir o meu plano, O GUIA ADOLESCENTE DA POPULARIDADE!!!

Ok, não fui eu quem disse essa frase. Foi dita pelo NADA SURF, aos berros, em meados de 1996. Ela faz parte do PRIMEIRO single do PRIMEIRO álbum dessa banda sensacional. Prometo falar melhor desse trio de rock em um futuro não tão distante, mas hoje tenho muita coisa a falar sobre essa canção: POPULAR.

A ideia da música realmente foi descrever um guia da popularidade, mas não um guia sério, e sim sarcástico, cheio de raiva e ironias. O guia não é cantado, e sim falado, enquanto um dedilhado faz o fundo da música. Na primeira parte, o guia ensina como a garota deve acabar um namoro sem ser desonesta e não despedaçar o coração do cara, mesmo dizendo a ele que está querendo ficar com outro rapaz. Conclui-se aqui que o compositor da música deve ter levado um pé na bunda feio, sendo trocado por um desses populares da escola, na música chamado de Johnny. Na segunda parte ele ensina a garota a como chegar nesse Johnny. "Diga a ele que fez um bom jogo de futebol, diga a ele que gostou do artigo que ele publicou no jornal". Embora a primeira parte tenha sido dita com calma, na segunda é repleta de raiva. Mas a explosão vem na terceira parte, quando é dito que ela pode ficar com Johnny e com quantos mais garotos "populares" ela quiser, afinal, ela é uma jovem "original", não precisa se prender a uma pessoa só! Não é?

O fator que separa as três partes é o refrão destruidor (e grudento), aonde a guitarra entra comendo, e algumas frases são cantadas, como: "eu sou a estrela da festa, eu sou popular!", "eu tenho um carro, eu sou popular", "eu pego uma líder de torcida, eu sou popular". Na terceira parte, essa guitarra mais pesada entra antes do refrão, quando o que era falado passa a ser gritado, e temos a frase que iniciou esse post mandada pra fora com muito ódio, logo após a parte aonde é dito que ela pode pegar quem ela quiser.

Popular é uma música incrível, repleta de energia, e você consegue sentir na sua pele a revolta do cara, que levou um pé e viu sua garota ficar com os bonitões e pegadores da escola. Eu conseguia sentir essa revolta antes mesmo de conhecer a letra, então espero que você que acabou de conhecer a música pelo blog, e já sabe do que se trata, ouça e consiga sentir essa revolta também! A não ser que você se identifique como o popular, ou pior, como a garota da história... hahaha

11 comentários:

LADY D. A. disse...

Eu gostei da idéi, eu fui ver o video achando q tinha legenda, e não tinha, mas se vc já explicou no texto, sem necessidade de legenda né ^^

André Alves disse...

Adorei o blog.
Sem dúvidas é o blog que eu gostaria de ter feito. rsss!!!

Vou passar mais vezes por aqui..
Abraço!!

luluzinha disse...

olá !
obrigada pelo comentario!
mais já que estou aqui,faz um favor pra mim?
vote na enquete do meu blog!!
por favor

Claudia Alves disse...

Muito obrigada pelo seu comentário lá no meu blog, fico muito feliz.
Quanta inspiração teve o compositor da música não?
Acho que eu consegui sentir a indignação e a revolta dele pela garota. É, mas o resultado foi bom.
http://www.claudiaalvesinteriores.blogspot.com/

Rúvila Magalhães disse...

Amor, o clipe é incrível hahah o cara dando aula pras cheerleaders, adorei!
Acho que eu nunca prestei muita atenção na letra da música mesmo, só no refrão, hoje achei mais legal hahah :) obrigada por me abrir os olhos!

beijos
te amo <3

kbritovb disse...

muito bom mesmo
curti clip e musica

CAMILA DE ARAUJO disse...

E aí, como foi de páscoa, amigo?

Em 96, entre grunge e boy bands, esse grupo usou essa fórmula em videoclipes que é utilizada largamente nos dias de hoje, de Britney Spears de colegial, aos quase sem graça Paramore e emos bonitinhos do Academy Is...
Acho uma boa analisar os clipes, você poderia falar aqui mais sobre The XX hein. Tô aaaapaixonada por essa banda(e pela guitarrista/vocalista, confesso hihihii...) e acho que o som tem haver com vc, tu curte?

Puuuutz HAHHAHA aconteceu quase isso com vc?!Que tenso, nessas horas a gente fica sem reação mesmo, sem saber o que dizer XD

Tooo encantada sim, sabe *-* Juliana o nome dela, ela é EXATAMENTE igual a mim em milhares de coisas, temos muitos gostos em comum e afinidades, mas não sei sabe, gosto dela como amiga e admiro muito como um ser humano inteligente como ela é. Além disso, acabei de sair de uma situação amorosa difícil que estava se arrastando por mais de 1 ano, não quero sofrer de novo e estou completamente :S

Boa ideia, Gabriel! Eu pretendia falar da Alice e de outros poetas novos que estão se destacando por aí como a Bruna Beber e o Ramon Mello.

http://papel40kg.blogspot.com/

Ricardo Araujo disse...

Boaaa Nada Surf! QUe Banda hein?
Apesaar de que eu gosto mais dos cds novos;;; mas esse é muito legal tbm, do mesmo nível dos outrso do Nada Surf, ou seja, nivel ALTO!

Caçador disse...

Gostei da música e do blog... realmente essa música retrata bem o que acontece nesses casos... tudo aparência... Abraço

riijones disse...

Bacana...

Mas..tem uma vertente também bem interessante que a música não foca..o anti-popular, algo similar ao anti-herói... ou seja, não é o nerd da escola mas não quer e nao faz parte dos populares !!

vagabundoprofissional.wordpress.com

viciadas.make disse...

Nunca ouvi falar nessas bandas, demorei pra entender por que vi o vídeo antes de ler. Mas logo no comerço vi o cara cantando com raiva. hahahaha Depois vou ver a tradução, Beijos

http://viciadasemake.blogspot.com/

Postar um comentário